28 setembro 2015

Ex-ouvidora de S.A. de Jesus explica motivos do seu pedido de exoneração do cargo

A ex-ouvidora municipal de Santo Antônio de Jesus, Ivana Patrícia, deu entrada no seu pedido de exoneração do cargo. De acordo com seu pai, conhecido como ‘Pedro dos Fogos’ que rompeu com o gestor Humberto Leite, essa decisão foi tomado devido a ambos não suportarem mais ver o ‘filme de terror’ que se desenrolava pela administração do município, bem como pessoas ligadas ao prefeito que estavam querendo destruí-lo. Acerca das declarações do seu pai e de sua decisão de pedir exoneração do cargo nesta sexta-feira (25), a Ouvidora relatou que ambos dialogaram com o prefeito, no bate-papo foram expostos alguns descontentamentos em relação à forma como a administração está sendo conduzida. “Gostaria de agradecer ao prefeito pela oportunidade que me foi concedida, a população, à equipe da Ouvidoria. Com respeito ao rompimento de meu pai com o grupo, não gostaria de tocar no assunto, pois é algo que mexe com os sentimentos, meu pai está muito triste com tudo isso, ninguém gostaria que fosse assim, mas o achei muito digno quando decidiu que chegou ao fim, contudo no diálogo conversamos que eu não iria permanecer, pois ou a gente está ou não, é preciso haver uma definição concreta”, explicou em entrevista à Rádio Andaiá FM.
Patrícia salientou a necessidade de separar a ‘Ivana partido político’ e a ‘Ivana cargo Ouvidora’, pois, segundo ela, na conversa com o gestor, foram expostos os motivos pelo qual não gostaria mais de continuar exercendo sua função e não descartou a possibilidade de os motivos de seu pedido de exoneração estar também relacionados ao rompimento de seu pai com o grupo, “torcemos para tudo dar certo e quando a gente começa a perceber que há algumas coisas que não vão tão bem, começamos seguir por um caminho no qual a rota foi mudada passamos a refletir se ainda vale a pena. Paralelos a isso muitos fatores que aconteceram na administração acabaram afetando a Ouvidoria, então solicitei férias para pensar melhor nas minhas decisões, contudo ‘sinalizei’ ao gestor, ele mesmo me disse que não queria que acontecesse assim, mas contra fatos não há argumentos, estou deixando a Ouvidoria Municipal, mas os trabalhos continuarão da melhor maneira possível”, concluiu.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...