27 fevereiro 2015

S. A. de Jesus: Sem internet, empresário ameaça processar MMA caso o serviço não seja restabelecido

Sem o fornecimento de internet em sua empresa, o proprietário do Posto Uirapuru, Clovis Machado ameaça processar MMA firma responsável pela distribuição da sua internet em Santo Antônio de Jesus. Em contato com a rádio Andaiá FM, o empresário informou que contratou o serviço e desde o último domingo (22) sua conexão foi suspensa. O comerciante avisou que está sendo economicamente prejudicado com a falta de acesso, já que não há como expedi notas fiscais eletrônicas em seu estabelecimento, “é uma irresponsabilidade da empresa e descaso para com seus clientes”, fala. Machado criticou também a forma de serviço de atendimento ao consumidor oferecido pela empresa contratada e relatou que ao ligar para MMA ficou horas na linha e sua ligação foi cortada, “a forma de atendimento é precário. Imagina você ser o cliente numero 25, ficar na linha e quando enfim, irá ser atendido a ligação cai? É um absurdo isso”, demostrou indignado. O empresário confirmou em entrevista que caso o serviço não seja restabelecido irá procurar meios legais para ser ressarcido, “espero que o dono da empresa reveja isso e procure acertar e corrigir essa falha em seu serviço. Ele irá perder clientela desta forma. Desde domingo (22), estamos sem sinal e eles não nos dão uma posição de quando será restabelecido. Pagamos pelo serviço e queremos garantia no atendimento”, explanou.

Vereador de SAJ indica colega para assumir secretaria e ele opina: "Se o prefeito me delegar essa tarefa, não poderei dizer não"

O vereador de Santo Antônio de Jesus, Antônio Nogueira Neto, popular Tom, em entrevista à Rádio Recôncavo FM nesta quinta-feira (26) falou sobre ter defendido, em uma das sessões na Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus, a ocupação da Secretaria de Esporte e Cultura pelo vereador Marcos Muniz. Acerca de sua declaração, Tom explicou que o prefeito Humberto Leite mostra em seus pronunciamentos sua insatisfação com a atual gestão desse setor no município. “Apesar de ser oposição ao vereador Marcos Muniz, tenho amizade com ele e a população santo-antoniense sabe de seu jeito polêmico, mas percebe também que Chispita ama o esporte e a cultura, exemplo disso são os eventos esportivos, nos quais sempre procura ajudar como pode, então por que ele não ocupar a secretaria? Eu não tenho poder de indicar, porém disse até para ele que iria levantar uma ‘bandeira’ pelo Esporte de Santo Antônio, e para dar início apoio Marcos Muniz na Secretaria de Esporte e Cultura a fim de termos um Esporte e uma Cultura de verdade em nosso município”, afirmou.
Chispita opina sobre a indicação do seu colega - O vereador Chispita também se pronunciou dizendo que o edil Tom foi muito generoso com ele, mas negou que o gestor tenha conversado sobre o assunto. “Sei que muitos indicam meu nome por aí, pois sou amante do esporte em minha terra, mas possuo um compromisso muito grande com a Câmara Municipal e tenho de continuar seguindo meu trabalho, honrando o voto de todos os meus eleitores”, falou. Apesar disso o vereador não alegou que negaria um convite do administrador da cidade. “Se o prefeito me delegar essa tarefa, não poderei dizer não a ele, pois é uma pessoa que tem um compromisso muito grande com a cidade. Se é para ajudar o povo e no momento eu sentir que posso assumir a responsabilidade direi sim, mas não tenho essa vontade pois fui feito para ser vereador de minha terra. Acredito que o gestor tem grandes nomes em mente, considero Murilo Miranda um bom secretário, se há algum erro, terá um acerto. Caso Murilo esteja enfrentando dificuldades há como procurar pessoas para ajudar, posso até ser um consultor e dar minhas opiniões. Temos trabalhado incansavelmente para fazer uma Santo Antônio melhor e graças a Deus na gestão Humberto Leite temos 90% de pontos positivos, mas o restante negativo podemos consertar diante do tempo do mandato", destacou.

24 fevereiro 2015

Vice-prefeito de S. A. de Jesus está insatisfeito com situação da Praça do São Benedito e diz: "É culpa da empresa"

A situação complicada da Praça do São Benedito não está insatisfazendo apenas os moradores da cidade, o vice-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Faustino Cunha, que, inclusive, reside no bairro, está incomodado com a questão. 
Em entrevista a Rádio Recôncavo FM, ele informou que a empresa que ganhou a licitação tem que responder o motivo do atraso no serviço e resolver logo. “Acho que essas empresas precisam ter uma reserva de dinheiro para concluir a obra, o Governo não dá dinheiro adiantado, essa verba foi conseguida com ajuda de Otto Alencar, minha e do prefeito Humberto Leite. A princípio era a alegria do povo hoje é a tristeza, porque o povo tá perguntando e jogando a culpa no vice-prefeito e no prefeito”, destacou. Segundo o entrevistado, as pessoas vão até sua casa questionar a situação e pedir que dê um jeito no problema e garantiu que se alguém tem culpa nisso tudo, é a empresa. Faustino salientou que a praça não está igual ao projeto. Cunha ressaltou que é preciso trabalhar pela praça o mais rápido possível para chegar num denominador comum.

22 fevereiro 2015

Prevenção de quedas em idosos

As quedas são frutos de uma interação entre o estado de saúde do idoso e o ambiente.
Quanto mais saudável o idoso menor o risco de queda, logo o cuidado global com a saúde é muito importante, dando ênfase ao equilíbrio e a força muscular. Medidas para melhorar o equilíbrio ou seja diminuir a instabilidade postural acompanhada por estratégias para melhorar a força muscular (exercícios de musculação próprios para o idoso) tem um papel importante na prevenção destes acidentes.

Na avaliação da saúde global do idoso é necessário estarmos atentos ao “sintoma” queda, pois varias doenças podem iniciar ou chamar a atenção por uma queda (quadros infecciosos, parkinsonismo, hipotensão postural, distúrbios metabólicos, anemia, etc…..). Outro fator importante que pode precipitar quedas em pacientes idosos é o uso de medicações, particularmente quando existe polifarmácia (ou seja quando o paciente usa cinco ou mais medicamentos por dia) e de maneira especial para algumas classes de medicações (antidepressivos, ansiolíticos, anti-hipertensivos, etc………).
Na prevenção de quedas nos pacientes geriátricos o outro fator além da saúde global do indivíduo que estamos avaliando é o ambiente onde ele vive e desempenha suas atividades da vida diária ou seja precisamos tornar este ambiente “seguro” e com pouca probabilidade de precipitar uma queda.

Algumas dicas para tornarmos a casa do idoso um ambiente mais seguro:
1 – Evitar tapetes, caso use, priorizar os tapetes antiderrapantes.
2 – Evitar fios expostos e cruzando os locais onde o idoso caminha.
3 – Em caso de crianças e animais em casa o cuidado deve ser redobrado para evitar brinquedos espalhados pela chão assim como animais soltos e que facilitem o tropeço e consequentemente quedas.
4 – Evitar degraus e escadas, quando não tiver jeito usar corrimão e lixas nos degraus.
5 – As camas, sofás, cadeiras devem ter uma altura adequada ( não muita baixas nem muito altas ).
6 – Os banheiros devem ter barras de apoio, tapetes antiderrapantes, cadeira para auxiliar no banho, iluminação adequada, evitar uso de vidros nas divisórias do banheiro, a altura do vaso sanitário deve ser compatível, a fixação das pias devem serem adequadas, etc…
7 – O piso da casa deve ser antiderrapante e a iluminação deve ser adequada.
8 – Os sapatos e sandálias devem ter solado antiderrapante.
9 – Armários e guarda-roupas devem ter altura compatível com idoso para evitar movimentos que ponham em risco o equilíbrio.
10 – O trajeto para o banheiro e os demais trajetos da casa devem estar livres, etc, etc………

Dr. Euvaldo Rosa.

11 fevereiro 2015

Sobre os barraqueiros das praças em reforma, prefeito de S. A. de Jesus pontua: "O terreno público não tem dono, não é de ninguém”


O projeto para fazer ajustes na secretaria administrativa, segundo o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Humberto Leite (PDT), está sendo corrigido pelo mesmo. “Um gestor precisa corrigir ou fazer de conta que está corrigindo, mas está em minhas mãos desde segunda-feira (09), vou conversar com meus vereadores  para na próxima segunda ou terça-feira da semana que vem fazermos o pacote e entregarmos ao presidente da Câmara para que seja agilizado, estudado e possivelmente aprovado”, contou à rádio Recôncavo FM nesta terça-feira (10).
Licitação para novos quiosques: Algo que é motivo de preocupação tanto para os barraqueiros das praças Padre Mateus e São Benedito quando as reformas tiverem sido concluídas e o prefeito confirma que de acordo com o Promotor de Justiça, a licitação realmente existirá. “O terreno público não tem dono, não é de ninguém, portanto a maneira justa, honesta e correta de definir quem serão os donos é através de uma modalidade de licitação, mas isso ainda está em negociação, mas sou favorável que se dê um critério maior a aqueles que já se encontravam no local, mas como a coisa já virou pública dependerá dos trabalhos envolvendo o Poder Judiciário de Santo Antônio de Jesus”, declarou.
Barraqueiros da Praça Padre Mateus: Os vendedores que agora se encontram na estação de transbordo, próximo a Biblioteca municipal por causa das reformas no local onde costumavam ficar. A dúvida se eles irão ficar na Praça reformada ou não. Acerca disso, o gestor disse que fez cerca de doze quiosques para os vendedores. “Mas o Promotor acha que têm de ser por meio de processo licitatório, mas ainda faltam seis meses não adianta começar com estresse agora, até porque Dr. Julimar Barreto disse, ninguém se torna dono, até porque eu não vou chegar colocar uma barraca aqui e ali, encher de barracas e não podemos fazer nada? Não é assim, hoje estamos até preservando um direito que nem sabemos se aquelas pessoas têm mesmo, o espaço é público e não é de ninguém”, concluiu. 

Vereador Uberdan abre possibilidade de sair do PT de S. A. de Jesus, mas declara: "Não é o que eu quero"

Muito se comenta sobre a possibilidade do Vereador Uberdan Cardoso deixar o Partido dos Trabalhadores para seguir junto ao ex-prefeito Euvaldo Rosa em Santo Antônio de Jesus, mas só quem pode confirmar essa informação é o próprio Legislador. Em entrevista a Rádio Andaiá FM, ele disse que não há possibilidade de que ele saia da esquerda, mas há possibilidades de deixar o PT, “não é o que eu quero e desejo porque dentro do partido estou desde 2003”, comentou. Uberdan afirmou que quer fazer o debate aberto dentro do PT, acrescentando que entende que muitos integrantes do partido caíram com interesse. Segundo ele, em todo lugar tem gente ruim e ninguém está livre de conviver com pessoas que olhem apenas para seu umbigo, “eu faço política porque acredito, mas não é por profissão. Eu não sou vereador, eu estou vereador e quero transformar meu mandato numa luta e acho que o PT precisa se reinventar”, destacou. Cardoso negou que haja algum partido em que ele pensa em fazer parte, reafirmando, emocionado, que não quer sair do partido por acreditar no mesmo. “À nível local eu estou muito triste com o PT”, finalizou.

10 fevereiro 2015

S. A. de Jesus: Polícia Militar recupera moto roubada na zona rural e prende acusados na Av. Beira Mar, afirma Coronel

Uma onda de assaltos está atormentando Santo Antônio de Jesus, principalmente roubo à motos e carros. O Tenente Coronel Luziel Andrade, Comandante do 14º BPM, em entrevista a Rádio Recôncavo FM, explicou que estão sendo feitas blitz com resultado bastante positivo, inclusive comentou sobre a recuperação de uma moto que foi roubada na zona rural. Segundo ele, os bandidos foram detidos e o veículo foi recuperado na Avenida Beira Mar. “Estavam em posse de uma arma de fogo também e eles foram apresentados na delegacia para que as medidas cabíveis fossem tomadas”, destacou, acrescentando que a polícia não parou as operações e estão trabalhando com intuito de prender esses acusados de cometerem diversos assaltos na cidade. O Coronel destacou que a tendência é que os assaltos diminuam no período de Carnaval, mas os elementos ainda assim teimam em roubar o que não lhes pertence. “Vamos continuar trabalhando com o mesmo quantitativo de viaturas e policiais, nossa tropa dará apoio em Salvador, mas nosso efetivo continua o mesmo aqui”, salientou. O Comandante afirmou que os elementos não tem nada a perder e o cidadão tem que preservar sua vida, mas garantiu que a Polícia Militar não vai se inibir diante dessas situações pelo contrário, o trabalho árduo continuará intensamente.  

SAJ: Após denuncia, tânsito na Rua da Korea volta a ser mão e contra-mão


Após vinculação de matéria no Portal SAJ Noticias, onde os comerciantes e donos de oficina se manifestaram contra a mudança do trânsito no Bairro da Korea, mais conhecida como Rua das Oficinas, a Superintendência de Trânsito do Município voltou atrás na decisão e a rua passou a ser como era antes. Os comerciantes comemoraram e agradeceram a compreensão do órgão responsável e pela  divulgação da matéria, “nosso movimento melhorou. O cliente pode fazer o retorno mais próximo e só temos a agradecer”, fala Antônio comerciante local e dono de oficina.

Confira as vagas de emprego do Sine Bahia de Santo Antônio de Jesus segunda-feira (09/02)

  • Auxiliar de linha de produção (pessoas com deficiência)
  • Ensino fundamental completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses ou referência
  • 01 vaga
  • Carregador de caminhão (pessoas com deficiência)
  • Ensino fundamental completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses ou referência
  • 01 vaga
  • Telefonista (pessoas com deficiência)
  • Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses ou referência
  • 01 vaga
  • Recepcionista atendente (pessoas com deficiência)
  • Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses ou referência
  • 01 vaga
  • Atendente de loja (pessoas com deficiência)
  • Desejável ensino médio completo / Ambos os sexos
  • 01 vaga
  • Assistente de vendas (pessoas com deficiência)
  • Desejável ensino médio completo / Ambos os sexos
  • 01 vaga
  • Empacotador (pessoas com deficiência)
  • Desejável ensino médio completo / Ambos os sexos
  • 01 vaga
  • Vendedor interno
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos  
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência       
  • 01 vaga
  • Vendedor externo
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência     
  • 01 vaga
  • Auxiliar de manutenção
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência com manutenção elétrica e hidráulica
  • 01 vaga
  • Instrutor de informática
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência     
  • 01 vaga
  • Cabista
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência     
  • 01 vaga                                                                        
  • Carregador de caminhão
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência     
  • 01 vaga
  • Lavador de carro
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Serralheiro
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 02 vagas
  • Cobrador externo
  • Ensino médio completo / Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Conferente de mercadoria
  • Ensino médio completo / Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Mecânico
  • Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Servente de limpeza
  • Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 02 vagas
  • Auxiliar contábil/financeiro
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Auxiliar de linha de produção
  • Ensino fundamental completo / Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Operador de caixa
  • Ensino médio completo / Sexo masculino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Assistente administrativo
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Estoquista
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Diarista
  • Sexo feminino
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência     
  • 01 vaga                                                                       
  • AS VAGAS ABAIXO SÃO PARA A EMPRESA BOBS:
  •  
  • Gerente Comercial (entregar currículo no Sinebahia)
  • Ensino superior completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga         
  •  
  • Assistente de Gerente/Assistente Administrativo/Operador de caixa (entregar currículo no Sinebahia)
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Monitor (entregar currículo no Sinebahia)
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga
  • Atendente de lanchonete (entregar currículo no Sinebahia)
  • Ensino médio completo / Ambos os sexos
  • Experiência mínima de 06 meses em carteira ou carta de referência
  • 01 vaga

Uberdan Cardoso garante que continua na oposição ao prefeito de SAJ: "Fui colocado e me mantive dessa forma"

Os trabalhos da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus serão retomados na próxima segunda-feira (16) e com eles as polêmicas, que já são de costumes, mas também haverão projetos para serem debatidos e aprovados. Em entrevista a Rádio Andaiá FM, o Vereador Uberdan Cardoso, afirmou que precisa se manter real ao que acredita, então mostra clareza do seu comportamento à população. “Fui eleito vereador em 2008 e o cenário era de 10 vereadores, eu fui colocado na oposição e me mantive dessa forma. Agora em 2012 o meu candidato a prefeito também não foi eleito e eu fui colocado na oposição novamente, embora o partido tenha decidido caminhar por um momento ao lado do prefeito Humberto Soares Leite”, destacou, acrescentando que continua sendo vereador independente de oposição e vota a favor daquilo que acha saudável e decente para a cidade, mas também é opositor veemente ao que acha um desabono, ilegal e imoral. O edil garantiu que respeita o prefeito Humberto Leite assim como a todos que representam a oposição, mas tem um lado e esse é o da oposição porque dessa forma a democracia prevalece e o povo fica sabendo o que há de desconcertante na administração municipal. Segundo o entrevistado, a forma como conduzia o mandato anterior não difere do atual, porém neste novo houve amadurecimento político e procura fazer tudo com coerência e serenidade. “Denunciei as farras da quentinha e consultoria e parou, aí vem outras séries de questões como contratação de bandas para tocar na zona rural, o apoio aos agentes de endemias e aos professores com relação ao piso salarial, dentre outras tantas demandas, assim como os barraqueiros, que tiveram suas barracas retiradas das praças da cidade”, salientou.
Saída de Marcos Có e chegada de Hélio da Saúde: A pedido do repórter, o vereador analisou a saída do ex-presidente do Legislativo, Marcos Có, que será o novo Secretário de Agricultura da gestão Humberto Leite e o empossamento do vereador Hélio da Saúde, que ocupou a vaga de suplente. Cardoso destacou que a Câmara tem uma comissão muito corporativa, onde há debate no campo das ideias e quando se entra nos corredores os diálogos são muito respeitosos, então às vezes os vereadores se digladiam fora e dentro não funciona assim. “Eu desejo boa sorte ao vereador Hélio Silva, tenho muito carinho por ele, é uma pessoa amiga, espero que ele faça um mandato direcionado àquilo que ele propôs em sua campanha e também desejo sorte a Marcos Có, que ele tenha muito sucesso, pois cada um sabe a dor e a alegria de ser o que é. Eu discordei da opção que ele tomou, mas isso jamais mudará o respeito que tenho por ele e quero que dê certo para ele”, comentou.

Empresários desejam que deputado mais votado em S. A. de Jesus concorra as eleições em 2016

As próximas eleições para prefeito em Santo Antônio de Jesus prometem uma disputa entre nomes de peso, provavelmente com quatro a cinco candidatos. A rádio Andaiá FM informou nesta segunda-feira (09), há cerca de quinze dias atrás um grupo empresário realizou uma reunião com o deputado estadual mais votado na cidade, Rogério Andrade (PSD), onde solicitaram sua presença como candidato a prefeito do município nas eleições de 2016. Inclusive ocorrem rumores onde se relata que haverá uma equipe de oposição mais fortalecida: o ex-prefeito Euvaldo Rosa, ex-vice-prefeita Dalva Mercês (PSB) e o deputado estadual Alan Sanches (PSD) que possui ligação com o Dr. Everaldo Ferreira Júnior. Parece que a população terá muitas opções de escolha em 2016. Vamos aguardar e ver se os rumores iram se concretizar.

03 fevereiro 2015

SAJ: Donos de oficinas na Rua da Korea dizem que vendas caíram após mudanças no trânsito e ameaçam realizar manifestação

Os proprietários de algumas oficinas mecânicas e lojas situadas na  Rua José Ângelo de Souza, conhecida como Korea em Santo Antônio de Jesus estão muito indignados com as alterações feitas recentemente no trânsito da localidade que têm ocasionado a queda na clientela, visto que  os veículos só podem trafegar na via em mão única. Os donos das oficinas, cederam uma entrevista na manhã desta sexta-feira e  explicaram o motivo do protesto. Antônio, disse que foi proibida a vinda dos veículos no sentido estabelecimento da Salauto para sua oficina. “Agora a falta de movimento está tão grande que dá pra jogar bola aqui. Eu queria que o prefeito analisasse essa questão, pois a situação está complicada. Todos reclamam, quer dizer, eles vão ter de fazer o retorno da Mão Inglesa para voltar até minha oficina? Aí não dá”, desabafou. O proprietário disse que na localidade há cerca de 40 oficinas e uma multidão estava reunida em manifesto, por causa da queda de 40% no movimento das pessoas. “Falamos com o pessoal da secretaria, mas ninguém resolveu nada. As pessoas que vêm de fora não podem vir pra cá e quando tentam, são notificados”, disse. A população quer que o prefeito tome providências.
Proprietários de lojas e oficinas se manifestaram na manhã de hoje
Outro proprietário contou que trabalha na localidade há um certo tempo. “Com a alteração da via para mão única está prejudicando a comunidade. Pedimos com antecedência para eles refazerem o serviço, porém nada foi resolvido. Queremos que tragam nossa rua de volta e as pessoas que chegam estão reclamando do grande retorno que têm de fazer. Todo mundo vê que está errado, mas quem fez o projeto não observa?”, questionou.
Natan reclamou que os que vêm da entrada da cidade que dá acesso a BR-101 está proibido de entrar na Rua José Ângelo de Souza, conhecida como Korea  tradicional das oficinas pelos dois lados. “Para chegar nessa rua fica difícil, então os condutores não vão deixa de entrar em outros estabelecimentos que prestam o mesmo serviço pra vir até aqui. Somos pais de família, fizemos abaixo assinado e estamos pedindo que resolvam nosso problema. Antes era movimentado, mas hoje batemos papo o dia todo, preocupados com as despesas do estabelecimento e nosso sustento”, contou.
Ivan declarou que para fazer as alterações o setor de trânsito não procurou ninguém das oficinas para expressar sua opinião. “Estamos nos reunindo para um acordo ser feito e a situação solucionada, para que não cheguemos ao ponto de impedir a entrada da cidade queimando pneus de carros”, falou. Os proprietários pedem uma providência por parte da Superintendência de Transito do município o mais rápido possível.

30 janeiro 2015

S. A. de Jesus: Segundo sindicalista, paralisação das atividades do Hospital Luís Argolo permanecerá indeterminado


Os funcionários do Hospital Maternidade Luiz Argolo paralisaram suas atividades por prazo não definido na manhã desta quinta-feira (29) alegando descaso no pagamento do 13º salários e outros soldos, atrasados há mais de um ano. Em entrevista, o presidente do Sindicato dos Servidores de Saúde (Sindsaúde), Benivaldo Bonfim informou que pela manhã se reuniu com a direção e provedoria da Unidade, “infelizmente fomos informados de que não há verba disponível para o pagamento dos benefícios atrasados. A situação se arrasta há mais de um ano então decidimos parar”, fala. Ainda de acordo Bonfim, irá discutir a situação com a prefeitura juntamente com a secretaria de saúde do município. O sindicalista expôs ainda que existe uma verba no valor de R$ 300 mil reais retida, e que este fundo poderá amenizar a situação dos trabalhadores, “ainda não sabemos se a prefeitura ou o governo do estado tem autonomia em liberar este montante”, revela. Após medida judicial, a ajuda de custo oferecida pela prefeitura foi repassada e o salário dos trabalhadores foi liberado na tarde de ontem, no entanto, não foi o suficiente para que a paralisação não ocorresse, “estamos saturados. Não queremos a população passando por essa dificuldade. Fomos movidos pela situação que já se agrava há muito tempo”, salienta. Cerca de 30% do efetivo estão de plantão para manter os trabalhos na Instituição, mas de acordo Benivaldo Bonfim a paralisação poderá se estender por prazo indeterminado.

29 janeiro 2015

"Não se administra uma cidade a 'golpes de facão' '', disse vereador sobre a atual gestão de S. A. de Jesus

Durante a noite da última quarta-feira (27) onde foi proposta uma reunião na qual iriam ser apresentadas soluções com participação popular para o problema de derrubada das árvores das praças em Santo Antônio de Jesus, considerada por alguns como excessiva e desorganizada. O vereador e professor do município, Uberdan Cardoso (PT) falou que iria sair da reunião com sentimentos de felicidade, pois de acordo com ele, a sociedade civil não se encontra anestesiada. “Houve manifestações no bairro São Benedito, hoje está ocorrendo um protesto qualificado na Câmara de Vereadores para debater o assunto cidade e política, que constitui a ética do lugar onde  um indivíduo vive. Se o poder público achava que poderia resolver os assuntos de ‘cima para baixo’ foi importante ver que as pessoas estão atentas, vivas e não vão permitir que as coisas ocorram de forma avassaladora, com ‘canetadas’”, relatou, pontuando também que uma cidade sem árvores é uma cidade sem vida, “não se trata apenas de defesa de árvores que seria uma defesa justa, mas a defesa é que o município tenha um programa de desenvolvimento urbano elaborado com participação do povo. Todos sabem que a população queria uma praça, mas que tipo de praça vai existir? Que espécie de local público foi pensado para o município, um espaço democrático, de lazer, entretenimento? Então não dá para um gestor achar que é um deus mitológico onde tudo que toca vira ouro. O administrador tem de ser um interlocutor entre os trabalhos que faz e a cidade que representa, não dá para achar que ele vai governar para uma minoria, dentro de uma sala com caneta na mão e ar-condicionado achando que sabe de tudo.
Têm de caminhar pela cidade, entendendo que os espaços públicos não devem ser  patrimonialistas”, declarou. A respeito da Praça São Benedito onde é alegado pela gestão que se trata de uma demora na questão dos repasses por parte da CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), o entrevistado disse que deve dito ao povo, o motivo na demora de entrega. “As pessoas se rebelaram com a qualidade do serviço que foi empregado na construção da Praça, o material é de péssima qualidade e o povo está vendo isso, ninguém é mais bobo. A gente não quer só o São João muito bom, o projeto de praças em 3D, queremos é qualidade de vida, educação a qual não está sendo pautada como prioridade, os postos de saúde, nos quais faltam remédios e materiais. Não adianta pensar no grande se as pessoas carentes estão sofrendo. Precisamos debater sobre a cidade do futuro que queremos”, disse.
Espaço da Biblioteca: Local usado para leitura e expansão de conhecimentos no município santoantoniense está sendo criticado atualmente por grande parte da população, por atualmente estar com várias barracas, até de comerciantes da Praça Padre Mateus que precisavam ser realocados por causa da reforma. Uberdan não deixou de expressar sua opinião. “Acho vergonhoso, não se administra uma cidade a golpes de facão, mas é necessário planejamento. Estudantes utilizam a biblioteca como lugar para estudos e não se pode conviver com a fedentina, barulho de comércio. Eu não ia ficar satisfeito com um filho (a) minha que fosse estudar e saísse numa ambiente barulhento. O problema está na gestão, não se governa uma cidade dessa forma. Acho que o prefeito tem de sair do gabinete para visitar a cidade que ele ama, tanto que se capacitou para estar na função, porém o que é preciso fazer é ter menos apadrinhamentos e mais eficácia, construindo um futuro de qualidade para as pessoas que vivem na cidade, essa é a grande pauta de reconhecimento de um gestor, com a capacidade de ser um interlocutor da sociedade com a administração”, concluiu. 

28 janeiro 2015

Derrubada das árvores: Ministério Público abre inquérito contra a prefeitura de S. A. de Jesus

O Ministério Público abrirá inquérito civil público contra a prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus após retirada de árvores nas reformas em praças e canteiros ao longo da cidade. Em entrevista coletiva, o Promotor de Justiça, Dr. Julimar Barreto disse que irá apurar provas daquilo que foi estabelecido sobre as retiradas das árvores. Segundo laudo da Secretaria do Meio Ambiente, sete árvores no entorno da Praça Padre Mateus poderiam ser mantida, “apenas uma se manteve, o oitizeiro. Iremos ver com o município o porquê foi desrespeitada esta decisão”, fala o jurista. A empresa responsável pela reforma será autuada no inquérito. De acordo o Promotor, ainda não foi esclarecido os motivos da retirada da vegetação. Relatórios da Praça do São Benedito e do Tiro de Guerra também estão sendo investigados. Provada a irregularidade, o MP irá firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a administração municipal. O inquérito deverá ser concluído com o prazo de um ano ou prorrogado caso haja provas contra ou a favor dos denunciados, “acreditamos que este tempo não se estenda tanto, é necessário apenas apuração”, afirma.
Para Barreto, a medida de plantar nova árvore não exime a ação contra a prefeitura, no entanto é necessário analisar a proposta e verificar quais árvores serão substitutas das que foram retiradas, “não se pode retirar uma árvore com mais de trinta anos e querer plantar uma minúscula. É preciso rever o projeto e ver se há compensação”, completa.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...