07 fevereiro 2021

Lula escolhe Haddad para ser candidato em 2022, diz imprensa

 


O ex-presidente teria conversado com o ex-prefeito de São Paulo no último sábado.

No encontro, Lula disse que, caso não pudesse concorrer ao pleito presidencial em 2022 por não ter recuperado seus direitos políticos, Haddad deveria ser novamente o candidato do PT. O político chegou ao segundo turno nas eleições de 2018, mas foi derrotado por Jair Bolsonaro.

Aposta do partido no mesmo nome causou discussões entre o público, que questiona se decisão fortalece ou enfraquece as candidaturas de oposição. (Diário da Industria e Comercio)

Novo caso do vírus ebola mata uma pessoa no Congo


Uma pessoa infectada por um novo caso do vírus ebola, encontrado na cidade de Butembo, na República Democrática do Congo, morreu, segundo o Ministério da Saúde do país.

O diagnóstico foi feito em uma mulher com sintomas do vírus na última segunda-feira (1º), na cidade de Biena. Ela foi encaminhada para um hospital em Butembo e faleceu dois dias depois, na última quinta-feira (3). 

Este pode significar o início do 12º surto de ebola no Congo, desde que foi descoberto em 1976. O último chegou ao fim há três meses. Foram infectadas 130 pessoas e 55 foram a óbito pela doença. O anterior a este matou mais de 2.200 pessoas. (Metro1)

31 janeiro 2021

Professora é presa por fazer sexo com aluno que tem apenas 15 anos

 

 

Uma professora de 35 anos foi condenada a cinco anos de prisão por manter relações sexuais e trocar mensagens eróticas com um aluno de 15 anos. O caso aconteceu na Inglaterra e as informações são do tabloide The Sun.

Kandice Barber, que é casada e mãe de três filhos, teria começado a trocar mensagens com o adolescente há pelo menos dois anos. Em fevereiro de 2020, ela teria buscado o aluno de carro em sua casa e dirigido até um matagal, onde fizeram sexo pela primeira vez – de um total de três. Ela também teria ameaçado acusá-lo de estupro caso ele contasse para alguém.

O garoto, no entanto, mostrou a foto e se gabou para amigos. “Comi ela”, ele teria dito.

Kandice foi presa pela primeira vez em março de 2020, após seus nudes vazaram pela escola. Na época, os dois negaram que as fotos teriam sido mandadas a ele e negaram também ter tido qualquer tipo de relacionamento. Ela foi solta sob fiança e respondeu em liberdade.

Em mensagens obtidas pela Justiça, foi revelado que ela chegou a mandar mensagens para o adolescente mesmo durante as aulas. “Você não pode me deixar vermelha assim enquanto estou dando aula, bobinho”, ela escreveu. Em outra mensagem, ela pergunta se o jovem prefere “peito ou bunda”.

*O Dia

SAJ: fotos dos ex-vereadores encontradas na SMTT serão restauradas, afirma presidente da Casa Legislativa

 

Na quinta-feira (28), em sessão extraordinária, a Câmara de vereadores de Santo Antônio de Jesus votou alguns projetos para o município, entre eles, a renovação do  convênio com a Santa Casa de Misericórdia e projeto para convênio da prefeitura com a AMO Animais. Em entrevista ao repórter Itajaí Júnior, o presidente da Casa Legislativa, Francisco Damasceno, afirmou que os debates ocorreram de forma coesa.

O vereador Uberdan Cardoso pediu revisão do projeto referente  a Amo Animais. “É uma ação feita no município que é de grande importância. A gente sabe que o pessoal da Amo Animais faz aquilo gratuitamente, e nós precisamos do apoio. Se o poder público for fazer, tenho certeza que seria bem mais caro. Estou trabalhando há duas semanas nesse projeto, tenho certeza que chegaremos a um denominador comum”, explicou o vereador, afirmando ainda que terá uma reunião com o prefeito Genival, para adequação do projeto e votação na próxima semana.

Circulou nas redes sociais um vídeo em que os quadros com as fotografias dos ex-vereadores de Santo Antônio de Jesus estavam acomodados nos corredores da SMTT.  Sobre o assunto, Chico afirmou  que ficou comovido com depoimentos de alguns filhos dos ex-edis, por isso já teve uma conversa com a Mesa Diretora, para que os quadros sejam restaurados e retornem para Casa Legislativa. “Os vereadores que ali passaram têm uma história. Assim também, farei um memorial com todos os ex-presidentes da Câmara”, finalizou.

“Policial cantor” é punido pela PM após atender pedido de fã em karaokê; assista

 

O cantor Amado Cigano, que também é policial militar, foi reconhecido por um fã durante o patrulhamento nas ruas de Salvador, na noite de sexta-feira (29/01).

De acordo com o deputado Prisco, Ferreirinha, como também é conhecido, foi convidado para uma “palhinha” no karaokê de um bar no bairro de Itapuã e prontamente atendeu. A filmagem encantou internautas e cumpre o objetivo defendido pelo governo baiano de aproximar cada vez mais PM e comunidade. O trabalhador aparece sorridente e com um copo de água na mão enquanto as pessoas aplaudem a iniciativa.

Porém, ainda de acordo com Prisco, o efeito foi o inesperado pelo militar, que acabou sendo afastado da Operação Apolo, criando um sentimento de injustiça entre praças. Nas redes sociais, colegas de farda lembraram que situações inusitadas envolvendo oficiais foram elogiadas em outros momentos, a exemplo de uma capitã sambando com o povo no Nordeste de Amaralina e um major que dança com Ivete Sangalo no Carnaval. Assista abaixo o momento de descontração:

 

24 janeiro 2021

Maior visibilidade na Feira de Confecções é um dos motivos que ensejaram remanejamento de barracas: SAJ

 

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAAB) desenvolveu, na manhã da última quinta-feira,  21, através de prepostos dessa pasta,  o remanejamento de barracas de barracas de feirantes de confecções que, até então, estavam instaladas nas ruas de acesso ao galpão desse segmento. (Imagem da equipe da SAAB.)

 

Essa iniciativa é fruto da reunião, realizada no último dia 19,  em que a titular da pasta, Dra. Gilsonilda Correia, na gestão Genival Careca, manteve com esses feirantes, mostrando a necessidade de evacuação delas, dessas ruas para o interior do espaço do Galpão.

 

E nessa reunião, a secretária fez ver a todos que, para que os feirantes de Feira de Santana possam voltar a frequentar esse espaço, faz-se necessário que todos estejam alojados no interior do Galpão. Feito isso, os nomes a serem autorizados a participarem da feira, deverão obedecer a um sorteio, de maneira que possam ocupar espaços distintos, evitando-se, assim, aglomerações entre eles.

Esse tipo de organização já foi tentado no passado, todavia, os próprios feirantes de Santo Antonio de Jesus contribuíram (de uma forma ou de outra) para que os feirantes de Feira de Santana ficassem “juntinhos”, principalmente em barracas localizadas na linha de frente desse espaço. Esse “alinhamento” favoreciam-nos, na media em que atraiam o público para um local específico. Mas, pelo que se vê, agora, eles estão entendendo a nova filosofia de trabalho. Informações de que eles serão distribuídos à luz de um critério de espacialidade, no interior do galpão. Imagem do espaço (área contígua, adjacente 1, em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais) até então ocupado por barracas

Em face da pandemia do Coronavírus os feirantes de outros municípios foram desautorizados a  frequentar a feira, em face da necessidade de distanciamento, em atendimento ao que foi estipulado em decreto municipal. Agora, os próprios feirantes sentem a necessidade de seu retorno. (Imagem da mesma área, após retirada das barracas.) 

A evacuação dessas barracas, segundo ela, vai propiciar, também, a circulação de veículos em frente ao galpão, facilitando, por conseguinte, que a clientela deste e de outros municípios possam comparecer a essas barracas, efetuando compras, gerando, por conseguinte, emprego e renda. (Imagem da área adjacente 2, por onde devem circular os veículos.) 

A secretária, Dra. Nil, no entanto, garantiu que, para que esse retorno seja consolidado, faz-se necessário esse remanejamento e observância das medidas sanitárias preconizadas pelas OMS e secretarias municipal e estadual de saúde. ­­

Algumas dessas barracas deverão ter suas medidas readequadas, de maneira que estejam em consonância com as determinações que versam sobre a logística operacional do espaço.

Assevera que não faltarão esforços por parte da atual administração na busca de projetos que viabilizem canalização de recursos a serem utilizados nesse e em outros espaços da feira livre.

Para tanto, é imperativo que deputados federais e estaduais possam propor  emendas impositivas que, em sendo chanceladas, possam atender aos pleitos do município e, em especial, os que se refiram à feira livre municipal. Antonio Mascarenhas 

SAJ: Secretaria de Esporte e Lazer irá fazer o cadastramento dos atletas da cidade.

Com o objetivo de organizar e acompanhar de perto as atividades esportivas desenvolvidas em nossa cidade, a secretária de esportes e lazer de Santo Antônio de Jesus-BA, convida responsáveis, professores e atletas que desenvolvem atividades esportivas para o cadastramento.

A ação será realizada do dia 26/01 a 03/02 das 08h as 12h de segunda a sexta na secretaria de esportes localizada no ginásio Waldemar Queiroz.

Será necessário para o cadastramento:

- RG ou CNH

- O restante são informações passadas pelo atleta, professor ou dirigente.


20 janeiro 2021

Homem de 107 anos é o primeiro idoso a ser vacinado em Cruz das Almas

 

Na tarde dessa terça-feira (19), o Município de Cruz das Almas iniciou a vacinação contra a Covid-19. As primeiras doses foram aplicadas nos profissionais de saúde da linha de frente da doença e em seguida idosos do Lar dos Idosos receberam a imunização.

O primeiro idoso a ser vacinado foi o senhor Severiano Paulo Evangelista, de 107 anos, ele nasceu em 10 de novembro de 1913. Já entre os profissionais de saúde, foram escolhidos: a enfermeira Ana Paula Rodrigues, que atua na Unidade de Referência da Covid-19, ela tem 38 anos, é cruzalmense e está na Unidade desde junho do ano passado, além dela também foram vacinados a técnica de enfermagem da UPA, Irineide Fiuza, do quadro efetivo do Município, desde 2009 e Fábio Couto, de 39 anos, que é condutor socorrista da SAMU. Todos esses foram vacinados pelas vacinadoras Glória Rita e Vera Lúcia.

O prefeito Ednaldo Ribeiro, o vice-prefeito André Eloy e o secretário de Saúde, Sandro Borges, com a equipe da Secretaria de Saúde acompanharam todo o processo.

Nos próximos dias outros profissionais de Saúde de linha de frente e idosos do Lar do Idosos também serão vacinados. A expectativa é que logo cheguem outros lotes da vacina.

Ascom – Prefeitura de Cruz das Almas

Quatro santoantonienses recebem primeira dose da vacina contra o Coronavírus nesta terça, 19





Primeira fase contempla profissionais de saúde, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, idosos de 75 anos ou mais e munícipes de comunidades tradicionais Os quatro primeiros santoantonienses vacinados com a Coronavac em Santo Antônio de Jesus receberam a primeira dose nesta terça, 19, em ato simbólico após coletiva de imprensa realizada pela Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus (PMSAJ) no Centro Cultural. Os contemplados foram as técnicas em enfermagem Adenilma Vilela, que atua na Unidade de Saúde da Família (USF) do Centro e Clotildes Araújo Batista, profissional do USF Alto do Sobradinho e do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ), além da enfermeira do pronto atendimento da COVID, Daiane Luz Araújo, e do médico Damião Domingos, que por muito tempo presta serviço ao município. A população que se enquadra nos grupos de risco considerados prioritários para serem imunizados nesta primeira etapa já começa a ser vacinada nesta quarta, 20. Durante o evento, o secretário municipal de Saúde, Leonel Cafezeiro, apresentou o plano municipal de imunização e as estratégias adotadas no município. O evento teve a presença do prefeito, Genival Deolino e também de integrantes da atual gestão e da imprensa local. Para o prefeito, o momento foi celebrado com felicidade e esperança por dias melhores. “Todos nós estávamos aguardando ansiosos por este dia, portanto o início da imunização em Santo Antônio de Jesus é para ser comemorado. Sabemos que as doses que recebemos são somente para dar início à demanda existente em nosso município, mas esperamos em breve receber outros lotes do Governo Federal para garantir a imunidade e proteção dos cidadãos e cidadãs santoantonienses.”, comemora Deolino. A aplicação da vacina será em quatro fases. Nesta primeira serão priorizados os profissionais de saúde na linha de frente do combate à Covid-19, pessoas asiladas com 60 anos ou mais, seguido de idosos de 75 anos ou mais e cidadãos de comunidades tradicionais como povos ribeirinhos e quilombolas. Porém, a PMSAJ recebeu apenas 35% de doses necessárias para imunizar o público alvo. Já a segunda fase é direcionada a pessoas entre 60 e 74 anos. A terceira etapa vai imunizar pessoas que convivem com doenças como diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, cidadãos transplantados de órgão sólido, portadores de anemia falciforme, de câncer e em estágio de obesidade grave (IMC maior que 40). A última fase prevê a vacina para trabalhadores em educação, portadores de deficiência permanente severa, integrantes das forças de segurança, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, trabalhadores de transporte coletivo e rodoviários de carga. Estratégias para imunização A vacina será aplicada por profissionais que estarão em 14 viaturas percorrendo unidades hospitalares, UPA e pronto atendimento da COVID. Haverá também vacinação domiciliar para idosos a partir de 75 anos em carros volantes e aplicação da Coronavac em escolas municipais para imunização de grupos alvos da campanha de acordo com as fases previstas. O esquema de drive thru também será utilizado em unidades de saúde. O período de aplicação das etapas seguintes para imunizar o restante da população será definido e divulgado amplamente de acordo com a disponibilização de novas doses pelo Ministério da Saúde. Ascom PMSAJ

12 janeiro 2021

Após anúncio de fechamento de fábrica, Governo da Bahia já busca alternativas para substituir a Ford

 

O Governo do Estado lamenta o encerramento da produção nas plantas da Ford em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e da Troller, em Horizonte (CE). O governo destaca os impactos socioeconômicos consequentes do fechamento da empresa, importante geradora de empregos e renda no estado.

Assim que foi informado, o governador Rui Costa entrou em contato com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para discutir a formação de grupo de trabalho para avaliar possibilidades alternativas ao fechamento. O governo estadual também entrou em contato com a Embaixada Chinesa para sondar possíveis investidores com interesse em assumir o negócio na Bahia.

A decisão da Ford foi informada ao governador Rui Costa durante reunião virtual com representantes da empresa nesta segunda-feira (11). Em nota distribuída à imprensa, a Ford afirma que “a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”, são motivadores da decisão.

Carlos Villagrán, o Quico de ‘Chaves’, lança pré-candidatura a governador no México

 

O comediante Carlos Villagrán, conhecido como intérprete de Quico em “Chaves”, lançou neste domingo (10) sua pré-candidatura à prefeitura e ao governo de Querétaro, no México, de acordo com a revista “Forbes México”.

“Depois de 50 anos fazendo as pessoas rirem, me encontro em outra plataforma, o que é uma grande honra para mim”, afirmou o ator de 76 anos em entrevista coletiva.

Villagrán faz parte do partido Querétaro Independiente, criado em 2017.

O processo de escolha de candidatos às próximas eleições se encerra no dia 8 de fevereiro.

O comediante anunciou a aposentadoria do personagem que o tornou famoso em 2018, depois de quase 50 anos interpretando o garoto.

Fonte: G1

11 dezembro 2020

Robinho é condenado por estupro coletivo em segunda instância na Itália

 

A corte de apelação da Justiça italiana confirmou condenação em segunda instância de Robinho e de seu amigo Ricardo Falco a nove anos de prisão por estupro coletivo de uma jovem albanesa na madrugada de 22 a 23 de janeiro de 2013, numa boate de Milão chamada Sio Café. A defesa do jogador saiu cabisbaixa da audiência e afirmou que entrará com pedido de recurso na Corte de Cassação, terceira instância. “[Foi] Uma investigação bem feita, de modo sério, com uma sentença de primeiro grau correta. Profissionalmente, estou muito satisfeito, principalmente pela vítima”, disse Cuno Tarfusser, procurador do Ministério Público que atuou no caso em segunda instância.

O brasileiro foi representado pelos advogados italianos Alexander Guttieres e Franco Moretti – foi este último quem se pronunciou na audiência. Também esteve presente a advogada brasileira Marisa Alijia. Alijia proibiu que os advogados italianos falassem com a imprensa brasileira. A defesa de Robinho apresentou um recurso de 65 páginas, 19 anexos e 4 consultorias técnicas diversas. A defesa tentou desmontar a sentença que condenou Robinho a 9 anos de prisão por estupro coletivo. Moretti disse que não existem provas de que a vítima estava em condição de inferioridade psíquica e física. Para a defesa de Robinho, é impossível provar que, entre 30 e 50 minutos, seis pessoas cometeram um ato sexual sem o consentimento da garota.

Eles apelaram também para o fato de que algumas traduções teriam sido feitas em modo errôneo, justificando que, segundo a transcrição das interceptações, não é possível provar que Robinho tenha tido relação sexual completa com vítima, mas “somente” oral.

Fonte: UOL

Governo de Minas e Vale avançam em negociação sobre Brumadinho

 


O governo de Minas Gerais e a mineradora Vale avaliaram hoje (10) que houve avanços importantes nas negociações sobre o processo de reparação dos danos causados na tragédia de Brumadinho (MG).

A terceira audiência judicial para discutir o principal acordo envolvendo o desastre foi realizada ontem (9) no Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Embora perdurem pontos de divergência, algumas questões foram pacificadas entre as partes.

Ocorrida em janeiro de 2019, a tragédia se deu a partir do rompimento de uma barragem da Mina Córrego do Feijão, de responsabilidade da Vale. Cerca de 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos vazaram da estrutura, gerando morte, destruição e danos a comunidades e ao meio ambiente de Brumadinho e de outras cidades da calha do Rio Paraopeba. Desde então, foram resgatados 259 corpos de vítimas da tragédia e ainda há 11 desaparecidos.

Segundo o secretário-geral de estado do governo de Minas Gerais, Mateus Simões, já há um consenso sobre a governança do processo reparatório. Ficou decidido que o acordo vai detalhar três tipos de projetos. Aqueles de recomposição do meio ambiente poderão ser conduzidos pela Vale sob fiscalização e controle de órgãos públicos. As obras de infraestrutura do estado e dos municípios atingidos deverão ser geridos pelo Poder Executivo, cabendo à mineradora arcar apenas com os custos.

Por fim, os projetos para reparar as comunidades atingidas deverão ser elaborados por meio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que ficará responsável por realizar audiências públicas nas cidades afetadas.

“Foi proposta a criação de fundos públicos, por leis que estabelecerão a forma de gestão e de fiscalização do recurso. Tudo o que diz respeito aos atingidos vai ser remetido à Assembleia Legislativa, e lá será garantida a participação democrática e o controle social do uso desses fundos”, afirmou Mateus Simões.

Acordo

A primeira audiência em busca de acordo ocorreu no dia 22 de outubro e a segunda no dia 17 de novembro. Além do governo de Minas Gerais e da Vale, participam das tratativas o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Ministério Público Federal (MPF), as Defensorias Públicas do estado e da União e a Advocacia-Geral da União (AGU). O TJMG chegou a autorizar que os atingidos escolhessem cinco representantes para acessar à sala de audiência, mas eles recusaram já que não teriam nem direito à fala e nem acesso aos documentos que orientam as discussões. Eles reclamam que não estão sendo ouvidos no processo e criticam a falta de transparência nas negociações.

Sem dar muitos detalhes sobre os assuntos tratados, a Vale divulgou nota onde disse estar empenhada em construir um acordo global. “Houve avanços sobre pontos relevantes de um possível acordo”, registrou a mineradora.

O MPMG também divulgou um comunicado falando em avanços na governança do processo reparatório. “Foram definidos principalmente pontos relacionados a instrumentos de fiscalização efetivos para que as ações e projetos de reparação sejam cumpridos e que haja a participação dos atingidos na definição de tais iniciativas”, diz o texto. Segundo o órgão, caberá à Assembleia garantir que os atingidos participem de forma direta da decisão sobre a destinação dos recursos dos fundos públicos.

Um resultado concreto da audiência de ontem foi a prorrogação por mais um mês do pagamento aos atingidos do auxílio emergencial. Ele está agora assegurado até o fim de janeiro. Tais repasses, que não se confundem com as indenizações individuais, foram estabelecidos inicialmente por um ano em um acordo firmado poucas semanas após a tragédia de Brumadinho. Desde então, ele já foi prorrogado quatro vezes. Conforme dados da mineradora, cerca de 106 mil pessoas vêm recebendo esse auxílio mensal.

Ponto chave

A governança do processo reparatório era, desde o início, um ponto chave das negociações. O governo de Minas Gerais, o MPMG e o MPF manifestaram discordância em ter como referência a experiência da Fundação Renova. Trata-se da entidade que atua na reparação dos danos da tragédia no município mineiro de Mariana, ocorrida em 5 de novembro de 2015 após o rompimento de uma barragem da Samarco deixar 19 mortos e causar impactos sociais, econômicos e ambientais em diversos municípios da Bacia do Rio Doce, até a foz no Espírito Santo.

A Fundação Renova foi criada conforme acordo firmado em março de 2016. Participaram das negociações a Samarco, suas acionistas Vale e BHP Billiton, o governo federal e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo. Na época, o MPMG e o MPF foram contra os termos negociados. Eles avaliam que a estrutura da Fundação Renova permite que suas decisões sejam, em última instância, controladas pelas mineradoras.

As discussões continuam e uma nova audiência já foi agendada para 17 de dezembro. Dois assuntos estarão entre as pendências a serem tratados nessa nova data. Um deles envolve os prazos para realização dos projetos.

O outro tema que estará na pauta é o volume de recursos que a Vale deverá destinar à reparação. Um estudo da Fundação João Pinheiro, instituição de pesquisa e ensino vinculada ao estado de Minas Gerais, estimou as perdas econômicas em R$26 bilhões. Calculando mais R$ 28 bilhões para cobrir danos morais sociais e coletivos, o governo mineiro e as instituições de Justiça pleiteiam um total de R$54 bilhões. Na audiência do dia 17 de novembro, segundo Mateus Simões, a Vale propôs um valor de R$ 21 bilhões.

Manifestação

Enquanto ocorria a audiência, centenas de atingidos se manifestavam do lado de fora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. A principal crítica diz respeito à falta de transparência. Como as negociações se dão sob o princípio da confidencialidade, apenas os participantes das tratativas têm conhecimento dos detalhes. Não é de conhecimento público os projetos que estão sendo pactuados para a reparação.

“Exigimos que a participação dos atingidos seja garantida em todas as fases do referido acordo, incluindo-se na elaboração, para que sua eventual celebração não represente retrocesso aos direitos já consagrados e garantidos”, postou nas redes sociais o Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB). Para a entidade, sem assegurar a participação na construção dos pontos do acordo, os termos estabelecidos acabarão criando uma participação de fachada, onde os atingidos somente vão ter direito a opinar depois que tudo já estiver decidido.

As três organizações que foram escolhidas pelos próprios atingidos da tragédia de Brumadinho para assessorá-los – a Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social (Aedas), o Núcleo de Assessoria às Comunidades Atingidas por Barragens (Nacab) e o Instituto Guaicuy – vêm defendendo que todos os termos do acordo sejam tornados públicos. Também cobram a criação de espaços abertos para discuti-lo.

Dólar fecha em forte queda e chega a R$ 5,03, menor valor desde 10 junho

 

O dólar fechou em forte em queda nesta quinta-feira (10), após o Comitê de Política Monetária (Copom) confirmar as expectativas e decidir manter a taxa básica de juros em 2% ano, com os agentes do mercado reagindo também à sinalização do Banco Central sobre a trajetória da taxa Selic.

A moeda norte-americana recuou 2,63%, cotada a R$ 5,0376. É o menor patamar de fechamento desde 10 de junho (R$ 4,9334).

Na quarta-feira, o dólar subiu 0,92%, a R$ 5,1737. Na parcial do mês, acumula queda de 5,78%. No ano, contudo, ainda tem alta de 25,63%.

Fonte: G1


Covid-19: Casos ativos sobem novamente e superam 12 mil; taxa de ocupação é de 78%

 

 

Os casos ativos da Covid-19 na Bahia cresceram pelo segundo dia seguido e chegaram a 12.010 pessoas contaminadas nesta quinta-feira (10), conforme boletim epidemiológico publicado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). A taxa de ocupação das UTIs reservadas para o tratamento de adultos com a doença também cresceu, de 77% para 78%.

Os 10 municípios baianos com mais casos ativos de Covid-19 são Salvador (1.889), Vitória da Conquista (425), Feira de Santana (278), Itabuna (209), Ilhéus (203), Guanambi (197), Irecê (169), Seabra (155), Lauro de Freitas (125) e Jequié (116).

Entre as regiões com maior taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva, se encontram o sudoeste (93%), com unidades concentradas em Vitória da Conquista; e o centro-leste (88%), onde localiza-se Feira de Santana. As regiões norte (80%), sul (79%) e extremo-sul (78%) também registram percentuais de vagas ocupadas preocupantes e puxam para cima a média do estado.

Com 4.876 novos casos e 29 mortes registradas nas últimas 24 horas, o estado alcançou 436.662 casos confirmados e 8.531 óbitos acumulados desde o início da pandemia do novo coronavírus.