30 janeiro 2015

S. A. de Jesus: Segundo sindicalista, paralisação das atividades do Hospital Luís Argolo permanecerá indeterminado


Os funcionários do Hospital Maternidade Luiz Argolo paralisaram suas atividades por prazo não definido na manhã desta quinta-feira (29) alegando descaso no pagamento do 13º salários e outros soldos, atrasados há mais de um ano. Em entrevista, o presidente do Sindicato dos Servidores de Saúde (Sindsaúde), Benivaldo Bonfim informou que pela manhã se reuniu com a direção e provedoria da Unidade, “infelizmente fomos informados de que não há verba disponível para o pagamento dos benefícios atrasados. A situação se arrasta há mais de um ano então decidimos parar”, fala. Ainda de acordo Bonfim, irá discutir a situação com a prefeitura juntamente com a secretaria de saúde do município. O sindicalista expôs ainda que existe uma verba no valor de R$ 300 mil reais retida, e que este fundo poderá amenizar a situação dos trabalhadores, “ainda não sabemos se a prefeitura ou o governo do estado tem autonomia em liberar este montante”, revela. Após medida judicial, a ajuda de custo oferecida pela prefeitura foi repassada e o salário dos trabalhadores foi liberado na tarde de ontem, no entanto, não foi o suficiente para que a paralisação não ocorresse, “estamos saturados. Não queremos a população passando por essa dificuldade. Fomos movidos pela situação que já se agrava há muito tempo”, salienta. Cerca de 30% do efetivo estão de plantão para manter os trabalhos na Instituição, mas de acordo Benivaldo Bonfim a paralisação poderá se estender por prazo indeterminado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...