26 setembro 2013

Ex-presidente da Câmara de SAJ ajuíza ação penal contra vereador do PT por calúnia, difamação e injúria

Em nota enviada ao Voz da Bahia o Vereador Délcio Mascarenhas (PP) se defende das acusações do seu par na Câmara de Santo Antônio de Jesus o vereador do PT Cristiano Sena que o culpou de tê-lo chamado de "Preto, descarado, vagabundo": Leia abaixo o que diz o ex-presidente da Câmara contra tais acusações:
"Venho, através do presente expediente, informar a população baiana e, especialmente a todos aqueles que me confiaram mandato popular para defender seus direitos na Câmara Municipal de Santo Antônio de Jesus, ao longo dos 25 (vinte e cinco) anos de vida pública, divididos em 07 mandatos consecutivos em que fui escolhido democraticamente para representá-los, que ontem, por volta das 19h, na condição de vereador, ao sair do recinto do plenário da Câmara, após o encerramento da sessão ordinária em que foram julgadas as contas da Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus, referente ao exercício de 2011, o Vereador Cristiano Sena (PT) adentrou o plenário e começou a acusar-me, bem como aos demais Vereadores que integram a bancada da oposição, de terem realizado uma “manobra” a fim de favorecer o ex-prefeito Municipal Euvaldo de Almeida Rosa, no julgamento das referidas contas. Em resposta, dirigi-me ao referido Vereador exigindo respeito, tendo a discussão ficada bastante acalorada. Para evitar maiores problemas, resolvi retirar-me da Câmara e deslocar-me para a minha residência.
Distorcendo toda a realidade dos fatos, o Vereador Cristiano Sena, ainda postou um texto no qual me acusa da prática de racismo e de haver proferido xingamentos  que não condizem com a minha conduta ao longo destes anos. O Vereador ainda diz em sua nota que meu nome já esteve envolvido em outros dois casos de racismo. Em um deles, uma repórter da cidade fez um acordo e recebeu R$ 20 mil por causa de uma ofensa proferida pelo edil. Eu jamais proferi as palavras que o Vereador me acusa, nunca fui condenado em processo criminal e nem fiz qualquer acordo com repórter ou outra pessoa em processo semelhante ao que ele noticia. A conduta criminosa praticada pelo Vereador Cristiano Sena já foi levada ao conhecimento do Poder Judiciário, na manhã deste dia 25/09/2013, quando ajuizei Representação Criminal (Ação Penal nº. 0500121-94.2013.8.05.0229) contra o Vereador pela prática de Calúnia, Difamação e Injúria. Ao longo de todos estes anos, sempre fui respeitado na sociedade santo-antoniense e tenho um vasto trabalho em prol de meu povo a apresentar, não sou pessoa de aventura e nem preciso criar mentiras para aparecer, razão pela qual todas as medidas cabíveis estão sendo adotadas para responsabilizar o Vereador Cristiano Sena pelos atos praticados."
  1. Atenciosamente;
  2. Délcio Mascarenhas de Almeida Filho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...