28 setembro 2013

Ao tomar posse em SAJ como novo assessor de Alan Sanches, Neto avisa: “apunhalaram o ex-prefeito Euvaldo, depois vão fazer isso com Humberto”

Abílio Neto, conhecido Neto Publicidade, foi empossado nesta sexta-feira (28), como novo assessor do Deputado Estadual Alan Sanches (PSD). No evento, foi realizado um almoço com a imprensa de Santo Antônio de Jesus no Shopping Itaguari. Em entrevista ao Voz da Bahia, Neto afirmou que Sanches é a pessoa ideal para trabalhar. “É o candidato que tenho como deputado e me sinto muito feliz em estar com ele. Vou honrar esse convite que ele me fez, vamos multiplicar esses votos que o mesmo teve em Santo Antônio de Jesus e tenho certeza que as pessoas vão nos ajuda-lo, pois uma virtude ele tem, não é traidor”, relatou. Neto estava atuando como colaborador na gestão de Humberto Leite (PDT), “não me deram a importância devida, por isso não continuei na prefeitura”, desabafou. Questionado se há alguma mágoa, Neto considera que foi apenas uma experiência, passando por um teste de vida, “tenho certeza que a população viu e aprovou o que fiz. O prefeito foi muito bem votado e sei que pelo menos dois desses votos foi o meu e mais de alguém que conquistei para ele”, disse. Em nota enviada, Abílio afirmou que traíram o grupo “Jacu” e podem trair também o grupo “Beija-flor”, referindo-se, segundo ele, aos traidores do grupo Jacu. “As pessoas sabem quem são os traidores; lembro-me muito bem que na eleição passada o ex-prefeito Euvaldo Rosa (PSB) apoiou vários candidatos federais e apenas um estadual. Então ele deu a mão, vestiu a camisa e logo depois foi deixado de lado; apunhalaram o ex-prefeito Euvaldo, depois vão fazer isso com Humberto, traidores são estes, que não reconhecem o que é feito por alguém”, pronunciou.
Quando solicitado para atribuir uma nota à gestão de Humberto Leite, Neto aplicou a mesma nota dada pelo prefeito, 4,5. “Eu era um soldado dele, então o que ele dizia pra mim era de fato aquilo, se ele atribuiu aquela nota, vou concordar com ele”. Para Neto, a eleição de Humberto Leite era um desafio do grupo, tendo que conquistar a prefeitura em 2012. “Conseguimos ganhar a eleição, mas o mandato está se transformando em um pesadelo. Espero que o prefeito acorde, não deixe ser levado por pessoas que traíram o outro grupo, para que não aconteça nada de ruim com o beija-flor. O que eu puder fazer vai ser feito para que oportunistas não tomem conta da situação”. Ainda em entrevista, Abílio relatou que para falar com o prefeito era necessário pedir permissão para Joanito Barbosa, chefe de gabinete. Sobre isso, ele entende da necessidade em ter um chefe de gabinete para falar com o gestor, “mas poderia ser outra pessoa. Nada contra Joanito Barbosa, mas a vez dele passou e teria que continuar sendo grato ao ex-prefeito Euvaldo Rosa e ele não foi”, disse. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...