18 dezembro 2012

Chinesa se joga de ponte de 15 metros em protesto contra propriedade ‘roubada’ pelo governo


Uma mulher de 31 anos pulou de uma ponte de 15 metros, na China, em protesto contra o governo que teria ‘roubado’ a propriedade dela. Segundo a moça, o preço pago pelo Estado pela casa onde vivia com a família em um vilarejo, correspondia a uma fração, apenas, do valor verdadeiro da propriedade.

De acordo com o tabloide britânico “Daily Mail”, Lia Sun ficou agarrada à ponte durante duas horas, ameaçando se atirar no rio Zhujiang, na cidade de Guangzhou, província de Guangdong.
Durante esse tempo, a equipe de resgate teve tempo de se organizar na água, caso a moça decidisse cumprir as ameaças. Pedestres pararam para assistir à cena. Em uma das imagens, também é possível ver dois policiais sentados na ponte, bem calmos, olhando Lia se atirar no rio. Ela foi resgatada por oficiais que estavam em uma embarcação no rio.
A moça protestava contra a venda de terras
A moça protestava contra a venda de terras Foto: Reprodução / Mail Online
O caso ganhou repercussão nacional na China e será investigado, segundo uma porta-voz da polícia.
- A mulher tinha verdadeira convicção de que ela e a família foram enganados. Nós entramos em contato com funcionários do governo na aldeia, e eles concordaram em investigar - garantiu.

Na China, o governo tem requisitado a compra de terras de diversos proprietários, incluindo os pequenos. O caso de Lia Sun é a última de uma série de manifestações contra o valor pago pelo governo como indenização. Em setembro de 2011, segundo o “Daily Mail”, moradores da província saquearam escritórios do governo em protesto.
Lia disse que o governo “roubou” a propriedade dela
Lia disse que o governo “roubou” a propriedade dela Foto: Reprodução / Mail Online
A moça caiu no rio
A moça caiu no rio Foto: Reprodução / Mail Online
Ela foi resgatada em seguida
Fonte:Extra

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...