06 fevereiro 2018

Mais três macacos são achados mortos em Salvador; suspeita de febre amarela é investigada

Mais três macacos são achados mortos em Salvador; suspeita de febre amarela é investigada
Mais três macacos foram achados mortos em Salvador, no domingo (4), de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Os animais foram localizados nos bairros de Barragem (Subúrbio Ferroviário), Stella Maris e Rio Vermelho. Com isso, sobe para 64 o número de animais encontrados mortos com suspeita de febre amarela na cidade. Outros oito animais doentes foram encontrados com suspeita da febre amarela. Todos os 72 casos são analisados pelo Laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para onde foram enviadas amostras de sangue dos macacos mortos e dos adoentados. Ainda não há previsão de quando os resultados serão obtidos.O último balanço havia sido divulgado pela secretaria na sexta-feira (2), quando dois macacos foram encontrados mortos no bairro de Baixa de Quintas. Entre os bairros em que houve registro estão Ondina, Castelo Branco, Garcia, Sussuarana, Valéria e Pau da Lima, onde foi achado o primeiro animal mortocom suspeita da doença na cidade. Este ano, o único caso de febre amarela notificado na Bahia foi o de um morador de São Paulo que viajou para Itaberaba, na Chapada Diamantina, e morreu no hospital Couto Maia, na capital. O caso é tratado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), como importado, já que a vítima não contraiu a doença em território baiano.
A morte de um homem de 57 anos, diagnosticado com febre amarela, em Santo Estevão, a 150 km de Salvador, é investigada. A vítima tomou a vacina contra a doença e, dois dias depois, começou a apresentar complicações. O homem tinha problemas de alcoolismo e o fígado bastante debilitado. A suspeita é que a morte pode ter ocorrido por conta de uma reação adversa à vacina. Em janeiro do ano passado, apenas um macaco foi encontrado morto em Salvador. Durante todo o ano de 2017, foram 13 animais achados mortos na capital com confirmação de febre amarela. (G1)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...