31 janeiro 2018

Se não votar até fevereiro, Previdência fica para próximo presidente, avisa Maia

Se não votar até fevereiro, Previdência fica para próximo presidente, avisa Maia
O  presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta quarta-feira (31) que, se a votação da reforma da Previdência não for feita até fevereiro, o assunto não será mais colocado em pauta por ele. “Sem a reforma a gente não sabe o que vai acontecer com o Brasil, mas não vou ficar nessa agenda a vida inteira. Não dá para carregar isso além do mês de fevereiro. Votou em fevereiro, votou. Não votou, será a agenda da eleição e vamos ver quem vai enfrentar o tema de forma transparente”, disse o democrata. O parlamentar ainda admitiu que o governo não tem, hoje, os 308 votos necessários para aprovar a matéria na Casa, mas afirmou acreditar que é possível conseguir maioria para aprovar pelo menos alguns pontos da proposta, como idade mínima e a igualdade para servidores públicos.  “Alguns defendem que é esse texto ou nada. Acho que se tiver voto com esse, ótimo, se tiver voto para outro, bom. Ninguém vai achar que mesmo o próximo governo eleito com força vai fazer uma reforma previdenciária profunda. Não vai fazer", disse Maia. Ele salientou que ainda vai haver muita conversa com os outros parlamentares. (M1) 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...