11 fevereiro 2016

"Antes de publicarem, deveriam perguntar", diz ambulante acusada de encher garrafas com gelo derretido para vender no Carnaval

Um vídeo foi propagado pela internet por meio das mídias sociais, no qual uma vendedora ambulante estaria em um dos circuitos do carnaval de Salvador enchendo garrafas de água mineral com a água do degelo acumulado numa caixa de isopor para vender como água aos foliões. Ao tomar conhecimento do fato, a Secretária de Obras e Serviços Públicos de Salvador informou que a cidadã seria retirada. A senhora por sua vez, concedeu uma entrevista, a qual está circulando nas redes sociais onde relata que antes de as pessoas começarem a vincular o vídeo pelas redes deveriam perguntar o motivo de ela estar fazendo isso. “Meus filhos ficavam comigo, mas, não estavam trabalhando. Quer dizer, eu viajo de longe, pago passagem, alimentação para poder trabalhar no carnaval, mas as pessoas nem isso deixam e fazem uma coisa dessas. Eu fiquei no prejuízo, não ganhei nada, minhas mercadorias de água consumiram toda, isso é revoltante. Estou com sete meses de gravidez e agora vou ter que enfrentar essa situação, ir embora de volta para casa, nem trabalhei com vergonha do povo”, desabafou, acrescentando que irá acionar a Justiça a fim de garantir seus direitos. A cidadã ficou sabendo da publicação quando outras pessoas lhe mostraram e tomou conhecimento que a notícia passou também na televisão. “E agora? Como irei chegar na feira, as pessoas vão dizer que estou vendendo água de isopor”, disse preocupada. A senhora alegou por sua vez que estava enchendo as garrafas com a água de degelo, não para as pessoas beberem, mas, para dar as ‘Muquiranas’, infelizmente, por causa da repercussão gerada por engano perdeu tudo.
Opinião de amiga da cidadã: Outra mulher de nome não revelado, comprovou a versão da vendedora e as imagens só mostram ela colocando água no recipiente e não vendendo, isso porque, de acordo com o relato, a ambulante estava juntando para colocar para as ‘Muquiranas’. “De maneira nenhuma ela usou de má fé com os clientes, estou junto dela desde o primeiro dia, ainda peguei água do meu isopor e dei para ela dar o pessoal do bloco”, pontuou.
Confirmação de folião do Bloco ‘As Muquiranas’: Um participante do grupo há cinco anos confirmou o relato da cidadã afirmando que compra as cervejas e sempre os vendedores ambulantes dão água para o folião se divertir. “A gente compra a cerveja com o ambulante e ele passa a água pra a gente poder se divertir”, concluiu. Nossa reportagem não tomou conhecimento acerca de um ressarcimento de valores à vendedora por parte da Secretaria de Obras es Serviços Públicos. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...