20 agosto 2015

Sargento Vinicius rebate Chispita: “Nenhum vereador deve ser refém do prefeito a não ser que este esteja recebendo propina”


As definições de coligações para as eleições de 2016 nem começaram e já existe um racha na política santoantoniense. Divergência entre membros que fazem parte da bancada de apoio ao prefeito Humberto Leite (PDT) tem surgido desde que se foi anunciado uma possível pré-candidatura do Deputado Rogério Andrade (PSD), além de descontentamentos com atitudes da administração. O último bate-boca está sendo protagonizado pelos vereadores Sargento Vinicius (PSD) e Marcos Chispita (PSD), ambos pertencem ao mesmo partido de Andrade.
Sargento Vinícius rebate Chispita: Muniz por sua vez declarou que os membros da bancada devem definir de que lado está, “ou permanecem do lado do prefeito ou são oposição”, disse em entrevista a uma rádio local. Para Vinicius, o vereador Marcos Chispita tem desempenhado um papel que não é seu, o de líder de grupo e acredita que qualquer um pode representar o grupo bem melhor como citou os vereadores Albino Martins e Dr. Francisco Freire, “não reconhecemos a figura de Chispita como líder da bancada e já está na hora de alguém reto, capaz, integro e acima de tudo coerente, assumir esta liderança e estas qualidades é o que falta neste cidadão”, afirmou em entrevista recente. Segundo Vinicius, Freire (PRP) tem um equilíbrio político e emocional que o garantem como cabeça de área, “Dr. Francisco Freire poderia nos representar por ser uma pessoa com equilíbrio político e emocional e acredito que ele não esteja satisfeito com Humberto Leite”, disse. O sargento ratificou a afirmativa do colega onde disse que os vereadores dependem do prefeito, “em suas declarações há um equivoco. Não somos nós, vereadores, que dependemos do executivo. É o prefeito que depende do legislativo para trabalhar e não é o inverso. Nenhum vereador deve ser refém do prefeito a não ser que este esteja recebendo propina”, concluiu.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...