20 março 2015

Indonésia decide adiar execução de brasileiro condenado por trafico de drogas

O governo da Indonésia decidiu adiar por tempo indeterminado a execução do brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gularte, de 42 anos, condenado por trafico de drogas no país asiático. Além de Gularte, outras nove pessoas também tiveram execução adiada por conta de recursos apresentados à justiça pelos condenados. De acordo com o procurador-geral HM Prasetyo, as execuções acontecerão de forma simultânea e, portanto, enquanto houver pendências na justiça indonésia ninguém será punido com pena capital. Para evitar que Rodrigo Gularte tenha o mesmo destino de Marco Acher, executado por um pelotão de fuzilamento em janeiro deste ano, a família do brasileiro tenta transferi-lo da prisão para um hospital psiquiátrico. O novo advogado contratado por Gularte também prepara um recurso para a Suprema Corte do país alegando que ele foi julgado em primeira instância sem a presença de um advogado. (BN)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...