31 outubro 2014

Vereador de S. A. de Jesus comenta polêmica da eleição da Câmara: "Tudo que o presidente falou é verdade"

A cidade de Santo Antônio de Jesus ultimamente tem sido palco de muitas polêmicas, algumas delas relacionadas à Câmara de Vereadores. A mais recente e ainda no auge foi a escolha da data para realização da eleição da Casa Legislativa, que foi anunciada ontem, quinta-feira (30), pelo presidente Marcos Có. Após a divulgação, um alvoroço tomou conta da Câmara, causando indignação nos vereadores Marcos Muniz, Chico de Dega e SG Vinícius, que foram contra a data, por acharem que foi um desrespeito ao vice-presidente Albino Martins que está internado, depois de ter sofrido um infarto em Salvador, ele seria o candidato pelo grupo do atual prefeito Humberto Leite, conforme disse os edis citados. Eles chegaram a considerar a atitude uma “politicagem covarde”, porém o presidente da Casa explicou e garantiu que foi uma decisão tomada em consenso. Para falar sobre o assunto, o vereador Antônio Nogueira Neto, o conhecido Tom, integrante da oposição, opinou, em entrevista a Andaiá FM. Inicialmente falando sobre a saúde do colega, Tom disse que espera que Deus aja na vida de Bino e dê-lhe a saúde para continuar exercendo sua função. “Só ouvimos falar em eleição da Câmara, mas no momento ninguém se preocupa primeiro com a vida do colega Albino Martins, mas eu e meus colegas do grupo estamos orando para que ele se recupere o mais rápido possível”, destacou. Sobre os comentários da eleição, o vereador ressaltou que sempre na tribuna da Câmara o presidente da Câmara foi elogiado até pelos edis da situação, por ter boa conduta, seriedade e ser imparcial escutando a todos.“Tudo que o presidente falou é verdade, pois a eleição foi sugestão do próprio vereador Albino na terça-feira logo depois, que terminou a reunião o presidente ligou para os demais vereadores do nosso grupo para saber a opinião, mas infelizmente toda essa situação aconteceu”, salientou, acrescentando que em nenhum momento Bino chegou para dizer que era candidato do grupo do prefeito, visto que disse que queria uma reunião com todos os vereadores, como aconteceu e foi decidido que o nome do candidato do grupo sairia entre os sete presentes. Ainda conforme Tom, é visto que nesse momento é fácil chegar na imprensa, acusar o grupo, o presidente e a mesa diretora, dizendo que o grupo está louco e desesperado, “não estamos loucos e desesperados não, porque quem recebe ligação o dia todo é o vereador Luís do Alto, que tem propostas a todo momento, Fátima que está trabalhando em Salvador em seu projeto, assim como é para Dema e os demais vereadores do nosso grupo, que está unido e para ir à eleição”, complementou. O entrevistado afirmou que Délcio Mascarenhas tirou seu nome de cogitação, então é preciso, em reunião, escolher outro nome, mas garante que o grupo está fechado e aquele que for escolhido será apoiado, independente de qualquer coisa. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...