28 agosto 2014

Sobre a falta de medicamentos nos PSFs, prefeito de S. A. de Jesus alerta: “o paciente que pegou o remédio terá que provar o seu uso”

Nesta quinta-feira a administração municipal de Santo Antônio de Jesus inaugurou novas sedes de entidades que fazem parte da gestão do município como o Centrsaj e Ouvidoria municipal. Em entrevista a Andaiá FM, o prefeito Humberto Soares Leite (PDT) falou a respeito destes novos empreendimentos e sobre reformas e mudanças na cidade. Para Leite, as novas instalações dará mais conforto aos munícipes, “o que queremos é que a população se sinta bem e estes espaços foram reformados em beneficio deles”, fala. 
Praça Padre Mateus: a reforma da Praça principal da cidade estava prevista para ter inicio no mês de julho, no entanto teve mais uma vez que ser adiada para uma data ainda não definida. Em relação a esta questão, Leite disse que um projeto arquitetônico foi feito e que existem complicações tanto orçamentarias quanto a reforma em questão, “no projeto está a coisa mais linda, mas é muito complicado fazer um projeto desses. Tem a parte de drenagem, eletrificação. Iremos fazer uma coletiva com toda a imprensa a imprensa para mostrar como ficará. Falta apenas Dr. Domingos terminar o orçamento, para lançarmos o edital”, afirma.
Espaço de eventos: o espaço onde são realizados eventos públicos como o São João e a Expomandioca, pertence à União e esta determinou a concessão do espaço colocando em cheque a realização das festividades mais importantes para o município e região. Uma campanha em prol da conquista do espaço da LBA está acontecendo nas redes sócias tendo em vista que o local já é ponto de encontro a muitos anos. Humberto Leite disse desconhecer da campanha e garante que se manterá engajado para a permanecia do local, “quanto mais mãos é melhor para sensibilizar os poderes constituídos. Nossos opositores fizeram de tudo para que o espaço fosse tomado e quase não conseguimos fazer o São João desse ano”, disse.
Falta de medicamentos nos postos: sobre essa questão, o gestor disse que o assunto já está saturado. Para Leite este é assunto é de responsabilidade do governo e citou a presença de um representante SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) no município, “o coordenador do estado esteve aqui em Santo Antônio de Jesus e explicou mil e uma vezes a situação”, cita. De acordo o prefeito uma licitação pública foi feita para garantir a compra de medicamentos oferecidos nos postos de saúde e informou que instaurará um decreto de lei para que o recolhimento dos remédios seja conscientizado, “o paciente que pegou remédio no posto terá que provar que está fazendo uso da medicação. A secretaria agora terá que ter mais cuidado na distribuição”, informa. Para Leite toda a questão envolvendo denuncias contra a secretaria de saúde não passa de calúnias politicas, “pode ver que se trata de politicagem; todo esse alarde de que falta tudo nos postos de saúde não passa de picuinha politica. Aposto que aquele que faz a denuncia está com caixas e mais caixas em casa tirando o direito de quem realmente precisa”, rebate.
Transporte público escolar: após greve de funcionários por atrasos nos salários e alunos da zona rural ficarem impossibilitados de vir a escolas no centro da cidade, o Prefeito disse que o assunto foi resolvido. Segundo o gestor, esteve em reunião com o responsável pelo transporte e empresa contratada para sanar o imbróglio, “eles estão se ajustando. Simplesmente disse que se não cumprissem o contrato iria ser substituído. Graças a deus não devemos nada a eles e eles retomaram suas atividades”, finalizou.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...