09 julho 2014

Com brilho de Romero, Argentina supera Holanda e quebra tabu



  • A Argentina segue em busca de conquistar o tricampeonato mundial na casa do mais acirrado adversário. Sem apresentar um grande futebol nesta quarta-feira em duelo de poucas emoções na Arena Corinthians (SP), a seleção de Messi e companha precisou do drama dos pênaltis para eliminar a Holanda na semifinal do Mundial de 2014. Com brilho do goleiro Sergio Romero, os argentinos bateram os europeus nas cobranças de penalidade máxima por 4 a 2 para marcar encontro com a temida Alemanha no Rio de Janeiro. Agora, a seleção argentina prepara-se para disputar a sonhada final da Copa do Mundo em 13 de julho. Os sul-americanos encararão neste domingo a temida Alemanha às 16h (de Brasília) no Maracanã, palco da final da Copa de 1950. Já os holandeses se contentarão com a disputa do terceiro lugar, contra a Seleção Brasileira, às 16h de sábado, no Mané Garrincha (DF).
  • Prorrogação
  • Os holandeses iniciaram a prorrogação trocando passes no campo de defesa, enquanto os argentinos dobraram a marcação sobre pressão. Aos oito, Robben driblou o zagueiro e chutou forte, mas Romero defendeu com segurança. Aos 15, Messi levantou na área, mas Cillessen tirou de soco. No segundo tempo da prorrogação, as duas equipes continuaram marcando forte. Aos quatro, De Vrij recuperou a bola no meio do campo, avançou e arriscou o chute de longe, direto para fora.
  • Pênaltis
  • Holanda : Vlaar (X), Robben (O), Sneijder (X), Kuty (O)
  • Argentina: Messi (O), Garay (O), Aguero (O), Maxi Rodriguez (O) 
  • FICHA TÉCNICA
  • Holanda x Argentina
  • Copa do Mundo -Semifinal
  • Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
  • Data: 9 de julho de 2014 (quarta-feira)
  • Horário: 17h (de Brasília)
  • Árbitro: Cuneyt Çakir (Turquia)
  • Auxiliares: Bahattin Duran e Tarik Ongun (ambos da Turquia)
  • Cartões amarelo: Martins Indi e Huntelaar (Holanda); Demichelis (Argentina)
  • HOLANDA: Cillessen, De Vrij, Vlaar, Martins Indi (Janmaat); Kuyt, De Jong (Clasie), Blind, Sneijder e Wijnaldum; Robben e Van Persie (Huntelaar). Técnico: Louis Van Gaal//ARGENTINA: Romero, Zabaleta, Garay, Demichelis e Rojo; Mascherano, Biglia e Pérez (Palacio); Messi, Lavezzi (Maxi Rodríguez) e Higuaín (Agüero). Técnico: Alejandro Sabella

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...