29 junho 2014

Um caso inusitado chamou a atenção dos moradores da cidade de Itabuna, sul do estado no último sábado dia 20 de junho. Um cortejo fúnebre estava sendo conduzido ao som da Banda Chiclete com Banana, uma música considerada um dos hinos do carnaval de Salvador. O corpo era de Raimunda Silva, 53 anos, nascida em Santo Antônio de Jesus e residia no município Itabuna há 30 anos. Em entrevista a Andaiá FM, Núbia Andrade Martins, irmã de Raimunda relatou que a mesma veio a óbito após sofrer um Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVC). “ela tinha problema de pressão arterial alta e já era de conhecimento de todos, contudo, ela não gostava de se medicar, muito menos de ir ao médico”, relatou. Segundo Núbia, muito antes de morrer sua irmã sempre pedia que se algum dia lhes faltasse, não queria tristeza nem muito choro em seu velório e pedia que no mesmo houvesse uma festa regida ao som de sua banda preferida, Chiclete com Banana.  A entrevistada salientou que ela era uma pessoa alegre solidária, “esse foi o último pedido de minha irmã, muitas pessoas da própria família discordaram por serem evangélicos, mas foi essa a vontade dela e nós a respeitamos” completou. O vídeo tem mais de 42 mil acessos no Youtube.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...