16 novembro 2013

Prefeito de S. A. de Jesus sobre as críticas da primeira-dama a sua secretária de administração: “Eu e Neia estamos no maior Love”

O Prefeito de Santo Antônio de Jesus Humberto Soares Leite (PDT), em entrevista ao repórter Marcus Augusto do Portal Voz da Bahia respondeu a perguntas polêmicas que ocorreram na sua gestão nos últimos meses. Alguns desses questionamentos estão relacionados às exonerações; discusões da primeira-dama com a secretária de administração do município na rede social e a acusação do diretor da 4ª Dires de tê-lo ameaçando-o de morte. Leia a entrevista completa abaixo: 
Marcus Augusto – Como funcionará a 1ª Companhia da PM na Feira Livre de Santo Antônio de Jesus?
Humberto Leite – Assumimos um compromisso com a Polícia Militar, estaremos instalando a 1ª CIA na feira, gerando maior segurança naquele recinto. Os feirantes já vinham pedindo, então identificamos em primeiro lugar, depois virá à limpeza do local. Falei com o Coronel Luziel que aprovou e hoje foi implantada a Companhia de soldados permanentes na feira no comando do Capitão Luiz Braga. Nada mais justo, já que lá anda muita gente, inclusive teremos duas câmeras que entraram em funcionamento. 
  1. "SAI NOMEANDO QUEM EU CONHECIA E DE QUALQUER FORMA"
Marcus Augusto – Muitas exonerações aconteceram na sua administração, entre elas, a última muito comentada da sua Ouvidora Caroline Magna. Por que essas demissões vêm ocorrendo constantemente?
Humberto Leite – O município tinha uma cultura de contratar e nomear quem queria. Pode-se ver que da família Mercês, na gestão anterior, tínhamos Dalva Mercês e Hernani Mercês, como dois secretários fora inúmeros colaboradores, diretores, coordenadores dentre outros cargos. Quando eu assumi a prefeitura não pensei que estava cometendo algum tipo de nepotismo, saí nomeando quem eu conhecia e de qualquer forma na política conhecemos muita gente, então fui aproveitando essas pessoas, porém eu não sabia que estava cometendo uma coisa errada, e o Promotor de Justiça decidiu intervir. Isso trouxe uma loucura na administração, estamos procurando cumprir a lei, já demiti umas 70 pessoas com vínculo de família. Vamos preencher esses cargos com outras pessoas a partir do ano de 2014 e continuar administrando a cidade. Nada me abala, sou uma pessoa de certa idade, já passei por muita coisa, então não tenho medo de nada.
  1. "NÃO ESTOU COM PROBLEMA DE DINHEIRO"
Marcus Augusto – Esses 30% que vem do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) no final do ano, dará uma retaguarda financeira para a administração para prefeitura?
Humberto Leite – Não estou com problemas com dinheiro, se fosse para pagar o 13º e o salário do mês de dezembro eu pagaria, o dinheiro está guardado. O que me faltou é o cumprimento dos índices de pessoas, por que tudo que você faz dentro da prefeitura gera despesa pessoal. Se eu mando pintar um colégio, aquela mão de obra que a empresa está gastando contará como se fosse da prefeitura, sendo uma conta que não conseguimos fechar. Não tenho problema de dinheiro e sim de índices pessoais, que preciso cumprir para não ter minhas contas rejeitadas.
  1. "EU E A PRIMEIRA DAMA ESTAMOS NO MAIOR LOVE"
Marcus Augusto – A primeira-dama criticou a Secretária de Administração a advogada Drª. Luciene Pinto nas redes sociais a chamando de incompetente. Como o senhor vai administrando essa situação?
Humberto Leite – Pessoalmente eu e a primeira-dama estamos no maior “Love” do mundo, sem problemas. No administrativo é competência minha, a Luciene continuará no cargo. Todo mundo tem direito a pensar o que quer, lá em casa também é franqueado o pensamento. Neia é totalmente externa, fala do que ela não gosta, mas a amizade e o amor continuam fortes. Isso é que importa.
  1. Suposta ameaça a diretor da Dires: "ESQUECI"
Marcus Augusto – Há alguma resposta para Dr. Everaldo Junior com relação à ameaça de morte, que o mesmo alegou ter sido cometida pelo senhor?
Humberto Leite – Eu nem me lembro. Esqueci. E se um dia a polícia me chamar, vou saber responder. O importante é que eu estou trabalhando por Santo Antônio de Jesus e aqueles adversários que diziam que eu não ia sentar na cadeira da prefeitura, só têm a dizer que estou sentado nela e eles terão que assistir o meu desempenho. Essas pessoas terão que me aplaudir um dia, pois eu vou realizar um grande trabalho no município, como fiz na outra vez, que eles procuram criticar até hoje. Construí a Urbis IV, iniciei o Hospital Regional e a obra da água da cidade. Imagine a cidade sem a quantidade de água que possui hoje, ninguém se interessaria por Santo Antônio se não fosse essa água, por que independente do tanto de casa que for construída, sempre haverá água.
Marcus Augusto – Quando começam as obras da pavimentação asfáltica prometida pelo senhor da Rua da Linha?
Humberto Leite – Isso é por conta de Rogério Andrade, só perguntando a ele, quem prometeu foi ele.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...