11 junho 2013

Anticoncepcionais causam 23 mortes no Canadá, dizem autoridades

 

Ao menos 23 canadenses que tomam pílulas anticoncepcionais de consumo frequente morreram, em sua maioria devido a coágulos no sangue, de acordo com documentos do ministério da Saúde, informou nesta terça-feira a rede de televisão CBC.  
Os médicos e farmacêuticos, que são obrigados a notificar as reações adversas aos medicamentos, suspeitam que as pílulas Yaz e Yasmin do laboratório alemão Bayer foram as causadoras destas mortes, acrescentou a Canadian Broadcasting Corporation. Centenas de mulheres podem ter sofrido os efeitos nocivos destes fármacos, disse o advogado que apresentou um recurso coletivo, citado pela CBC. Milhares de ações foram apresentadas contra a Bayer, em particular nos Estados Unidos. A Agência Americana de Alimentos e Medicamentos (FDA) já havia lançado em abril de 2012 uma advertência de que estas pílulas poderiam estar 'vinculadas a um risco maior de coágulos no sangue' e que esta informação deveria aparecer em sua bula. A Agência Europeia de Medicamentos também fez uma advertência similar em 2011. As pílulas Yaz e Yasmin da Bayer estão entre as mais vendidas. Contêm drospirenona combinada com etinil estradiol, um estrogênio comum nos contraceptivos orais.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...