04 dezembro 2012

Emoção marca encontro de mãe e filhos adotados por paulistas

Após um ano e meio de angústia, a dona de casa Silvânia Maria Mota da Silva, 25 anos, reencontrou, nesta segunda-feira, 3, dois de seus cinco filhos que foram entregues a famílias de São Paulo, em um processo de adoção sob suspeitas de irregularidades. O reencontro ocorreu na sede da instituição SOS Criança, na capital paulista. Os garotos, de 7 e 6 anos, estavam sob a guarda provisória de um mesmo casal, da região de Campinas. As outras crianças estão vivendo com famílias de Indaiatuba (a 107 km da capital paulista) e são esperadas, a partir desta terça-feira, 4, na Vara da Infância e Juventude de Campinas, de onde serão encaminhados ao reencontro da mãe biológica. Ontem, uma equipe da Vara levou os dois meninos até Silvânia.
Emoção marca encontro de mãe e filhos adotados por paulistas
"Houve o reencontro, foi emocionante e, a partir de agora, será privacidade total. Obrigada pelo apoio", confirmou, por meio de mensagem pelo celular, a advogada Isabella Costa Pinto, do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca), que presta assistência à família de Silvânia. Também advogado do Cedeca, Maurício Freire frisou que detalhes sobre o período de retorno das crianças à convivência com Silvânia (cujo prazo mínimo é de 15 dias) não serão informados à imprensa. "Foi uma instrução da instituição que está acolhendo a família. Lá, eles terão total assistência, e as reações monitoradas", acrescentou. Silvânia viajou para São Paulo na última sexta-feira, acompanhada do filho caçula (um bebê de 9 meses), de uma prima e da advogada. O pai dos garotos, Gerôncio Sousa, ficou em Monte Santo (a 373 km de Salvador), de onde as cinco crianças foram levadas, em junho de 2011. (Atarde)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...