22 novembro 2012

Divulgar dados nas redes sociais pode atrair criminosos

"Tô saindo para viajar",  contou o engenheiro paulista Márcio de Oliveira*, 32, aos seus amigos de Facebook. A mensagem, comum aos adeptos das redes sociais, acabou incitando um crime na capital paulista. Há menos de um ano, enquanto curtia uma folga do trabalho fora de São Paulo, a casa do internauta foi invadida por bandidos. Da residência, os criminosos levaram televisão, computador, máquina fotográfica e relógio. "Avise pela internet quando for fazer outro passeio", ironizaram os bandidos, ao deixarem uma mensagem na residência do jovem engenheiro. Apesar de parecer um absurdo, o texto deixado pelos assaltantes foi o que levou a vítima a descobrir os riscos de expor determinadas informações pessoais nas redes sociais.
Divulgar dados nas redes sociais pode atrair criminosos
Assim como acontece em âmbito nacional, a polícia baiana ainda não possui estatísticas relacionadas a esta modalidade criminosa. Desde a inauguração do Grupo Especializado de Repressão de Crimes por Meios Eletrônicos na Bahia, em agosto deste ano, o órgão não recebeu denúncias de vítimas que tenham relacionado assaltos ou fraudes a possíveis informações disponibilizadas na internet. Entretanto, o delegado Charles Leão, responsável pelo grupo policial, alerta que a possibilidade que isso já tenha ocorrido é quase óbvia. "Assim com há assaltantes rondando as nossas casas, há bandidos passeando pela internet", acredita Leão. Ainda assim, o profissional  admite que a modalidade criminosa é difícil de ser identificada, já que as vítimas não sabem que elas mesmas acabam provocando a ação. (ATarde)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...