28 novembro 2012

Como sua profissão pode afetar seu relacionamento

Um dos maiores desafios da mulher é conciliar o ritmo de vida profissional às suas obrigações como mãe e aos seus relacionamentos. As dificuldades enfrentadas vão desde o tipo de profissão escolhida pelas pessoas envolvidas no relacionamento até a quantidade de tempo e atenção que ela exige de cada um. Uma pesquisa realizada pelo site “Separados de Chile” conseguiu fazer uma relação das profissões que mais influenciam a vida conjugal. Após entrevistar cerca de 1.150 casos de pessoas envolvidas em divórcios, o site chegou à conclusão que carreiras diretamente ligadas ao setor da saúde são as que mais levam à separação do casal. Em segundo lugar, vêm as profissões da área de comunicação. As conclusões se explicam. Essas profissões, normalmente, demandam muita dedicação e atenção daqueles que trabalham nelas, muitas vezes exigindo que o profissional esteja à disposição para atuar em horários bastante complicados. A jornada de trabalho em geral extensa, somada à grande possibilidade de conhecer novas pessoas, principalmente em carreiras que mantêm contato com o público, acabam por gerar crises conjugais. Mas o que fazer para evitar que seu trabalho atrapalhe seu namoro ou casamento?
Como sua profissão pode afetar seu relacionamento
Organize seus horários de trabalho
Ainda que sua profissão exija muitas horas de trabalho ou te roube algumas noites de sono e finais de semana, procure manter um acordo com o parceiro para que isso não influencie a vida a dois. Se você trabalha nos fins de semana, por exemplo, combine de saírem ao menos uma noite por semana para compensar as horas de lazer perdidas no sábado e no domingo.
Não leve trabalho para casa
Hoje em dia muitas profissões permitem a prática do home office, mas tente não abusar deste benefício. Se você precisar trabalhar em casa, procure faze-lo nos momentos em que seu parceiro também estiver trabalhando. Em geral, a regra é: quando estiver em casa, dedique-se a seu amor e aos filhos, se houver filhos. A hora de trabalhar e a hora de curtir a família precisam ser muito bem delimitadas para que não haja prejuízo de nenhum dos lados. 
Mantenha o diálogo em dia
Quando conhecemos alguém, é preciso deixar claros os pesos e as exigências da profissão que escolhemos sobre o nosso dia a dia. Isso inclui explicar os problemas decorrentes da sua carreira e o espaço que essas coisas ocupam na sua vida. O casal precisa dialogar e definir as prioridades para que consiga conciliar as duas coisas. Conversas francas são sempre a melhor pedida.
Coloque-se no lugar do parceiro
Não basta que ele entenda seu lado, é preciso entender o dele. Caso a profissão “chata” seja a dele, procure compreender as muitas horas que seu parceiro passa no local de trabalho, bem como as necessidades e os horários especiais, se existirem. Não se colocar no local do outro pode ser fatal para um relacionamento, uma vez que pode gerar cobranças desnecessárias e injustas.
Em qualquer que seja o caso, o fundamental é buscar o entendimento entre as partes envolvidas, compensando os momentos de afastamento com muito carinho, diversão e companheirismo. Em vez de discutir nos momentos em que estão juntos, procurem aproveitar a oportunidade para estreitar ainda mais os laços que os uniram. (Dicasdemulher)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...